quinta-feira, 5 de março de 2009

Prefeita defende que PMDB saia com chapa pura em 2010

A prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet (PMDB), defendeu que seu partido dispute as eleições do ano que vem com chapa pura.

Em última hipótese, para não desagradar os partidos aliados, as duas vagas ao Senado poderiam ser destinadas a legendas que integrarão o arco de alianças de André Puccinelli (PMDB) na disputa pela reeleição.

Desta forma, segundo Simone, André poderia disputar o Senado ao fim do segundo mandato, com a possibilidade de deixar o governo nas mãos de um peemedebista.

“Acho que André tem condições e deve ter um vice do PMDB, ainda que ele tenha que dar as duas vagas ao Senado para os aliados. Isso em última hipótese, claro. Mas o André não é um homem de parar, ele segue em frente, e pode sair ao Senado”, declarou a prefeita, em visita ao Campo Grande News.

Neste cenário, Simone entende que o PMDB pode até se aliar ao PT em Mato Grosso do Sul, desde que a vaga ao Senado seja destinada a Delcídio do Amaral.

"O PMDB faz parte da base de sustentação do PT nacionalmente, e essa união poderia acontecer aqui, desde que tendo coerência política. A única aliança palatável para a população seria com o Delcídio, porque Zeca e André juntos, no mesmo palanque, não seria fácil de explicar, porque o embate político, ideológico e verbal dos dois é muito intenso", comentou a prefeita.

Simone observa que o senador Delcídio é um político que sempre esteve à disposição do governo e seu discurso é sempre baseado em projetos e ivestimentos para o Estado, o que lhe permite transitar com tranquilidade entre os dois partidos.

Senado – Sobre a possibilidade de sair candidata ao Senado nas eleições do ano que vem, Simone Tebet enfatizou que está à disposição do partido, como uma terceira via.

"A pergunta é: quem não gostaria de ser senador? Eu hoje posso fazer por Três Lagoas como prefeita, como senadora poderia fazer por todo o Estado. Mas ainda falta um ano para a convenção, hoje o PMDB tem dois candidatos, sendo um deles senador. Tenho o respaldo do governador, se ele enteder que eu deva ser candidata, serei, mas me coloco como terceira via", esclareceu a prefeita.

Hoje, dentro do PMDB, disputam a indicação ao Senado o presidente regional do partido, deputado federal Waldemir Moka, e o senador Valter Pereira, que tomou posse após o falecimento do pai da prefeita, o senador Ramez Tebet.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial